Inscreva-se

Para saber as notícias em primeira mão, coloque seu email e receba as últimas novidades.

A perda é algo inevitável.

Uma hora estamos juntos, e num piscar de olhos, tudo pode mudar.

Não sabemos o que o universo está preparando para nós e para as pessoas que estão ao nosso redor.

Mas a certeza que temos, é de que um dia a vida acaba, e sempre vai ser antes do que achamos que deveria ser. São raros os casos que iremos conseguir ter “as despedidas”.

Por isso, vivam seus momentos como se fossem os últimos.

Abrace aquela pessoa que ama, sempre que tiver oportunidade. Mesmo que no momento você não a ame tanto assim.

Fale que você ama ou um simples eu te adoro para quem quer bem e te quer bem. E mesmo que na atual situação esteja bravos e chateados com elas.

Diga que a admira ou sente orgulho.

Expresse sentimentos ruins, de forma que não sofra depois pelas palavras, essas soltas em momentos de raiva. Não podemos recolhê-las depois de soltas ao vento

Nunca deixe de se despedir com um simples: “Até logo”. “Vá com Deus” ou um “vá com cuidado”.

A vida é muito curta para não se utilizar desses gestos.

Eternize esses momentos.

A vida nem sempre é justa, e as vezes você nunca terá a chance de se despedir. O arrependimento poderá lhe corroer, e nunca poderemos voltar no tempo.

Seja amoroso e cuidadoso com as pessoas que você escolhe para estar ao seu lado.

Hoje elas podem estar aqui, mas e amanhã?

Facebook Comments
Post Author
Lari Azevedo
Larissa Azevedo, ou apenas Lari, nasceu em 1988, na cidade de São Paulo, onde ainda reside. Desde pequena é apaixonada por arte, cores e literatura. Formada em Design Digital, é diretora de arte em uma agência de Comunicação. Além disso, é colaboradora do blog Burn Book e, como fuga, lê todos os livros que pode, escreve e brinca no Photoshop nas horas livres.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *